Foto: DR

Depois de o concurso público, lançado no final de 2020, ter ficado deserto, o que obrigou a Câmara de Valongo a lançar novo concurso com valor superior, foi hoje aprovada, em reunião de executivo, a adjudicação da obra de requalificação da Piscina de Ermesinde.

A intervenção, orçada em cerca de 1,2 milhões de euros, tem prazo de execução de 270 dias, cerca de nove meses.

Em nota de imprensa, a autarquia lembra que “a empreitada visa a melhoria da eficiência energética do edifício, bem como intervenções pontuais de melhoria funcional e de introdução de acessibilidades a pessoas com mobilidade reduzida, através da criação de novos acessos, mais condignos e acessíveis”. A par disso, a capacidade das bancadas também será aumentada para permitir o acesso e permanência de pessoas com mobilidade reduzida. 

“Finalmente vamos conseguir resolver todos os problemas da Piscina Municipal de Ermesinde, que há muito necessitava de uma intervenção profunda”, congratulou-se o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, citado em nota do município, lamentando que a obra tenha sido atrasada por falta de concorrentes.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here