O que se festeja na Páscoa

Hoje, falei ao telefone com uma senhora portuguesa que está emigrada há muitos anos num país nórdico que me perguntou se na minha terra...

Requiem pela Capital do Móvel

Hoje, foi inaugurada mais uma exposição da Capital do Móvel. Certamente a mais pobre de todas as realizadas até hoje. Os apenas dois pavilhões...

Uma Fábrica Por Timor: 10 anos depois

O projecto Uma Fábrica Por Timor nasceu de uma ideia do presidente da Câmara Municipal de Paredes que, juntamente com o padre Feliciano Garcês...

Asfixia à liberdade de opinião

À conta da Universidade Nova ter proibido o politólogo Jaime Nogueira Pinto de participar numa conferência-debate, organizada por um grupo de estudantes, o país...

Foice em seara alheia

Na semana passada, de forma quase despercebida, o Governo Português, através da Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, comunicou que vai...

Uma transparência cheia de opacidade

A divulgação, há alguns dias, do Índice de Transparência Municipal gerou uma série de reacções políticas. Os executivos dos municípios mais bem colocados no...

Apertem-me a mão!

Cheguei cedo ao escritório para escrever o “Alinhamentos” desta semana. O assunto é a discussão em volta da eutanásia. O texto já ia longo...

Os números

Os do desemprego. Os números estão espalhados pelo nosso dia-a-dia e são uma parte importante da nossa vida. Quase todas as actividades humanas envolvem...

Fruta da época

De quatro em quatro anos, que coincidem sempre com o ano em que realizam as eleições autárquicas, aparecem pessoas preocupadíssimas com a coisa pública, sempre invocando uma moralidade acima da média.Vem isto a propósito do ruído mediático sobre o Estádio das Laranjeiras, em Paredes, e a petição para que a Câmara Municipal compre aquelas instalações desportivas.

Profissionalismo e dependência crítica

A escolha de jornalistas para assessores de imprensa parece ser um hábito antigo dos políticos. Esta opção resulta quase sempre da experiência directa que...
Publicidade

O que se festeja na Páscoa

Hoje, falei ao telefone com uma senhora portuguesa que está emigrada há muitos anos num país nórdico que me perguntou se na minha terra...
Publicidade

Siga-nos nas redes sociais

17,369SeguidoresGostar
2,020SeguidoresSeguir