Poder sem contrapoder

O ano de 2017 foi de mudança política no concelho de Paredes. Depois de 24 anos no poder, os sociais-democratas cederam o lugar aos...

O sobe-e-desce do PSD pacense

 O ano que terminou foi terrífico para o PSD de Paços de Ferreira: num concelho tradicionalmente social-democrata, o PSD ficou reduzido a dois vereadores...

De volta ao começo

O início de um novo ano é sempre um momento propício para se fazerem balanços sobre o que se fez no ano que acabou...

Ano novo, luta nova!

É habitual na última edição do ano se façam desejos para o próximo ano. Por isso, faço minhas as palavras de Gonçalo Portocarrero de...

Os nomes de um orçamento

Esta semana, a população de Paredes recebeu uma carta aberta do Presidente da Câmara Municipal. Não fossem as cores utilizadas e o logótipo do...

Progresso ou retrocesso?

 Esta semana, moderei no auditório do Centro Hospitalar do Tâmega e Sousa o debate “Eutanásia e Suicídio Assistido”, num tempo pertinente em que estão...

Ao contrário

Desenquadrado. Por estes dias, em quase todos os concelhos da região, foram inauguradas as iluminações de Natal e dados a conhecer os programas que,...

Reescrever a história

O feriado municipal é uma data que tem a sua razão de ser na comemoração de um facto histórico relevante para um concelho e...

Consolação desconsolada

Gosto muito do Norte e da cidade do Porto em particular. Defendo uma descentralização de serviços públicos por todo o país. No entanto, preferiria...

Três medidas em análise

Ainda não passou um mês desde que o novo executivo municipal de Paredes tomou posse, mas há já três decisões tomadas que devem ser...

Poder sem contrapoder

O ano de 2017 foi de mudança política no concelho de Paredes. Depois de 24 anos no poder, os sociais-democratas cederam o lugar aos...

Siga-nos nas redes sociais

22,264SeguidoresGostar
2,063SeguidoresSeguir