Os Bombeiros Voluntários de Baltar, em Paredes, assinalaram, este domingo, o 93.º aniversário com a benção de quatro viaturas.

A associação humanitária investiu, num novo camião de combate a incêndios – que recebeu um subsídio de 30 mil euros do município – numa nova ambulância de socorro e emergência e numa nova ambulância de transporte de doentes cerca de 345 mil euros. Foi ainda benzido um veículo com plataforma giratória – com estrutura extensível com cesto (auto-escada) de 32 metros, comprado já usado e recuperado, que passa agora a estar ao serviço da corporação.

O dia ficou ainda marcado por homenagens e condecorações a bombeiros e membros da direcção. Foram entregues dezenas de medalhas de assiduidade e dedicação (por 10, 15, 20, 25 e 30 anos de serviço) e medalhas internas de honra e valor.

Da mesma forma, foram atribuídas Medalhas de Serviços Distintos Grau Prata da Liga dos Bombeiros Portugueses a Miguel Alves, cobrador de quotas da associação por mais de 20 anos, e Maria Felicidade Moreira, empregada de limpeza da associação, também pelo trabalho ao longo de mais de 20 anos.

Três elementos da direcção – Daniel Mata, Avelino Moreira e António Pedro Silva – receberam Medalhas de Serviços Distintos Grau Prata pelo trabalho e dedicação em prol dos bombeiros. Já a Medalha de Serviços Distintos Grau Ouro foi entregue a Avelino Ferreira Ribeiro, tesoureiro da direcção, e a Manuel Ribeiro, vice-presidente da Assembleia Geral, “pelo sentido de responsabilidade, dedicação e excelente desempenho ao longo de sucessivos mandatos”. Foi também atribuída uma Medalha de Dedicação e Altruísmo a António Acácio Reis, vice-presidente da Associação, por ter completado 30 anos de serviço exemplar como dirigente “e em reconhecimento pelo excelente desempenho ao longo dos sucessivos mandatos”. Nove bombeiros, incluindo o comandante da corporação, receberam Medalhas de Dedicação e Altruísmo, “por terem completado 30 anos de serviço exemplar e em reconhecimento pela sua disponibilidade ao longo de tantos anos, competência profissional, dedicação e espírito de missão”.

Das comemorações, singelas, devido à pandemia, fez ainda parte a habitual romagem aos cemitérios com colocação de coroa de flores em homenagem aos bombeiros e elementos directivos falecidos. No cemitério de Baltar, foi colocado uma lápide memorial na campa de Fernando Emílio Correia da Silva, presidente Honorário da Associação falecido em Abril de 2020.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here