Paredes: Pais fecharam escola a cadeado em Lordelo

Em causa o calor que se faz sentir nas salas de aula. Pedem ar condicionado. Autarquia diz que intervenção já está prevista

0

Um grupo de pais fechou, hoje, a cadeado, a Escola Básica n.º 2 de Lordelo, em Paredes. Queixam-se do calor insuportável que se faz sentir nas salas de aula e pedem a instalação de ar condicionado. Segundo a Câmara de Paredes, isso já foi feito, noutros estabelecimentos de ensino, e a intervenção neste também já está prevista.

Os pais colocaram o cadeado, esta manhã, por volta das sete horas, no portão da escola, num protesto simbólico que exigia medidas. Nas mensagens colocadas pediam mais conforto para os alunos e professores e a instalação de um sistema de ar condicionado. “Não aguentamos o calor nas salas de aula!”, lia-se. Os alunos, referem pais, não se conseguem concentrar e, às vezes, são mesmo dadas aulas no exterior. Pouco depois das 9h00 o cadeado foi retirado, com a presença da GNR, e os alunos tiveram acesso à escola.

Contactada, a Câmara de Paredes explica que “os centros escolares, apesar de recentes, têm problemas estruturais que o actual executivo tem vindo a resolver, nomeadamente com a colocação de caixilharia com abertura para o exterior nas salas de aula – já o fez em duas escolas – e instalação de ar condicionado”.

“No caso da Escola n.º 2 de Lordelo, o Município de Paredes está a tratar da aquisição e colocação do ar condicionado nesse estabelecimento de ensino. Nesta escola as salas de aula não estão todas ocupadas e a situação de calor verifica-se no piso superior. No piso inferior há abertura das janelas para o exterior”, esclarece a autarquia. “Naturalmente, o bem-estar no processo de aprendizagem dos nossos alunos e o conforto de toda a comunidade escolar é uma prioridade para a Câmara de Paredes que está atenta à situação para a resolver com brevidade”, conclui a mesma fonte na resposta enviada.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here