O município de Valongo foi contemplado com uma nova viatura para recolha selectiva de resíduos numa cerimónia de apoio à promoção da recolha selectiva de resíduos recicláveis e orgânicos aos municípios da LIPOR.

A iniciativa contou com a presença do secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, e dos representantes do conselho directivo do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

Fotografia: Câmara de Valongo

Segundo a autarquia, no total foram entregues 13 viaturas, das quais nove movidas a gás natural, financiadas pelo Programa POSEUR, num investimento total de um 1,9 milhões de euros. A Câmara de Valongo recebeu uma das viaturas movidas a gás.

O investimento tem como propósitos reforçar a aposta na recolha selectiva de materiais recicláveis da Lipor e dos seus municípios associados e resulta, também, de uma busca por soluções alternativas que ajudem a diminuir a poluição do ar e o ruído nos grandes centros urbanos.

O investimento tem, também, um duplo impacto positivo, o aumento das quantidades de recicláveis recolhidas e diminuição da poluição nas áreas urbanas.

Refira-se que a Lipor é a entidade responsável pela gestão, valorização e tratamento dos resíduos urbanos produzidos pelos municípios associados, nomeadamente Espinho, Gondomar, Maia, Matosinhos, Porto, Póvoa de Varzim, Valongo e Vila do Conde.

A Lopor trata anualmente cerca de 500 mil toneladas de resíduos urbanos produzidos por um milhão de habitantes.

1 Comentário

  1. Ah!… Então foi por isso que a recolha do lixo passou de mal a pior!
    Ficou toda a energia do elenco camarário gasta na cerimónia público-política!
    Ainda na semana passada o camião de recolha do lixo não passou na minha rua e artérias adjacentes, tendo ficado TRÊS dias consecutivos o contentor atulhado – mais a redondeza… – enojando os visitantes com aquele aspecto tão pestilento! Até ratazanas se viram a passear por ali!
    – Quando? Sexta sábado e domingo passados.
    – Onde? Rua e Travessa Maria Luísa Almeida Matos.

    Por acaso não virá aqui o Secretário de Estado da Higiene e Salubridade?
    Devidamente acompanhado pelas câmaras do Porto Canal e da CMTV, evidentemente!