O Que Levar na Mala de Viagem?

1

 

Sempre que a nossa pretensão é viajar, surge alguma dificuldade na organização da mala de viagem, e por vezes caímos na tentação de colocar grande parte do nosso guarda-roupa, com o justo receio de não ter a suficiente diversidade para usar.

Normalmente as mulheres levam, quantidade de  roupa que supera por excesso a roupa estritamente necessária para aquele tipo de deslocação e estada. Só têm essa perceção no momento da sua utilização ou porque não combinam entre si ou então não são apropriadas face ao clima nesse local.

Devem evitar a organização do conteúdo das malas à última da hora, não tendo consequentemente tempo necessário para uma programação e escolha adequadas.

COMO PROGRAMAR E ORGANIZAR A SUA MALA DE VIAGEM:

– É de crucial relevância efetuar pesquisas quanto ao clima adstrito ao local a viajar, bem como aos possíveis programas relativos à viagem em causa, ciente da variação de clima em função da localidade e País em questão.

– A mala deve ser funcional, e que atenda unicamente às necessidades básicas sem exageros, atenta ao espaço que porventura servirá para as ulteriores aquisições.

– O tipo de roupa e os sapatos devem compatibilizar-se com as caracteristicas do clima e locais a visitar. Exemplificando: na possivel visita a uma cidade do interior, com ruas em paralelepípedos ou em terra, não há necessidade de levar saltos altos.

– O tempo de duração da viagem é outro requisito a ter em consideração, uma viagem com duração de um mês exige mais acuidade no número de peças peças e na sua diversidade do que numa viagem mais curta.

– Na  organização da sua mala, faça uma pré-seleção e coloque a roupa num espaço que lhe permita a sua visualização e diversidade global.

– Faça uma triagem das peças que interagem entre si, isto é, escolha umas peças de calções, calças ou saia, e partindo dessa base compatibilize outras peças.

– Se tiver um jantar de gala ou um evento que exiga dress code, informe-se convenientemente para levar peças adequadas.

– Na triagem dos sapatos, escolha modelos diferentes, sempre de acordo com o clima e os programas. Para um clima quente, use sandálias baixas, em plataforma ou ténis. Se for mais frio, opte por botas de cano alto, botins e/ou sapatos de salto, sem nunca esquecer a conjugação dos sapatos com as roupas!

– Para locais frios, opte por diferentes casacos, um sobretudo, uma jaqueta ou um casaco de lã, são uma ótima aposta. Se presumir que irá sentir muito frio, dá para usá-los cumulativamente.

Para variar os looks, aposte em cachecóis, echarpes, gorros e óculos de sol. Como são itens pouco volumosos, é perfeitamente compativel levar uma grande diversidade.

– A mulher deve incluir na bagagem, no máximo, duas carteiras: uma média para o dia a dia e uma pequena para saídas à noite.

– Se viajar com crianças, a mochila é a melhor opção, deixa as mãos livres e é o acessório perfeito para prevenir emergências proporcionadas por algumas horas de avião, carro ou autocarro, e pela sua versatilidade, comportando um look fashion.

– Se a sua pretensão é uma viagem onde irá efetuar compras consideráveis, leve apenas uma muda de roupa. Assim, vai ter espaço de sobra para guardar as coisas novas e não vai necessitar de gastar dinheiro na aquisição de outra mala.

Algumas dicas para economizar espaço e ter a mala bem organizada durante e viagem

  • Deve colocar na parte de baixo da mala as peças mais pesadas e que não amarrotem, nomeadamente sapatos, jeans, roupas de ginástica, de praia, de lã e casacos de inverno (caso vá para um lugar frio), por cima as blusas, as t-shirts e, por último, as camisas.
  • Guarde num compartimento específico, a lingerie, as meias e os biquínis.
  • Os sacos redutores são uma ótima ideia para armazenar as peças que não amarrotam, como a lã, guarde também as blusas, as luvas e os cachecóis. Posicione-os no fundo da mala.

O que não deve levar para a viagem

  • Roupas com aplicação de pedras, uma vez que no contacto com outras peças podem danificar.
  • Sapatos que nunca usou.
  • Evite levar jóias, pode correr o risco de ser assaltada ou a mala desviada.
  • Maquilhagem, apenas o indispensável, pois imputam volume relevante.
Partilhar
Artigo anteriorParedes vai ter balcão de atendimento do IEFP
Próximo artigoPedro Passos Coelho presidiu à inauguração da sede de campanha de Rui Moutinho
Consultora de Imagem e Personal Shopper, Pós-graduada em Contratação Pública, Licenciada em Gestão, com especialização em empresas e Licenciada em Administração, com especialização Autárquica. Formada pela Fashion School do Porto, Especializou-se em Consultoria de Imagem Feminina e Masculina com Raquel Guimarães; Análise de coloração pessoal com Jorge Vilaça; Formação em roupa interior pela Dama de Copas; Formação em Personal Branding com Diogo Montes; Auto Maquilhagem com Mafalda Vieira; Consultoria de Imagem – Atendimento Online com Lilian Jordão e a especializar-se em Marketing Pessoal pelo Método Ponto Pessoal com Adriano Tadeu Barbosa (Brasil).

1 Comentário