Foto: Ordem dos Biólogos
Publicidade

Eduardo Tavares, aluno da Escola Secundária de Ermesinde, venceu a medalha de bronze nas Olimpíadas Ibero-Americanas de Biologia, que decorreram, na passada semana, em Brasília, no Brasil.

Na décima edição das olimpíadas ibero-americanas, na qual participaram alunos de 12 países, o aluno de Ermesinde arrecadou a medalha de bronze, mas não foi o único a subir ao pódio. Com ele, para receber também uma medalha de bronze, subiu Filipa Osório, da Escola Secundária São Pedro, de Vila Real. A prata foi arrecadada Maria Soares Portela, estudante da Escola Secundária Carlos Amarante, de Braga. O diploma de mérito foi atribuído a Ricardo Lage, da Escola Secundária E.B. 2/3 D. Filipa de Lencastre, de Lisboa.

Nesta edição das Olimpíadas Ibero-Americanas de Biologia, realizada no Instituto de Ciências Biológicas da Universidade de Brasília, participaram estudantes de 12 países – Argentina, Brasil, Bolívia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, México, Perú e Portugal. A próxima edição das Olimpíadas Ibero-americanas de Biologia terão lugar em Portugal, em Setembro de 2017.