Um ano depois da municipalização dos serviços de recolha de lixo em Paços de Ferreira, a Câmara Municipal salienta que foi possível estabelecer “um melhor serviço” com “custos mais baixos.

“As diferenças na qualidade deste serviço público essencial são notórias: mais dias de recolha, com um aumento da frequência do serviço superior a 40%; novos contentores; alargamento dos pontos de recolha; serviço diário e gratuito de recolha de monos e monstros”, destaca uma publicação do município.

“Ao longo destes 365 dias foi ainda possível poupar dinheiro público. Neste primeiro ano e apesar do forte investimento realizado pela Câmara Municipal, o custo deste serviço, comparado com o que anteriormente era realizado pela empresa privada, reduziu cerca de 200 mil euros. O montante da poupança crescerá para 400 mil euros/ano, já a partir deste segundo ano de actividade, não obstante o aumento muito substancial da quantidade e qualidade do serviço”, sustenta a mesma fonte.

A Câmara salienta ainda que o serviço de limpeza urbana, realizado através de um camião varredora, que até então era feito uma vez por semana e apenas nas cidades de Paços de Ferreira e Freamunde, passou a realizar-se de segunda a sábado e em todas as freguesias do concelho.

1 Comentário

  1. Contentores novos aonde? Na minha rua foi sempre velho , já meio alagado. É o que temos. Os mais afastados da cidade só contam para as eleições. Nem água, nem saneamento temos. Tenho dito.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here