O PAN – Pessoas – Animais – Natureza apresentou uma denúncia ao Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR e ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) após ter recebido informações sobre a alegada presença de armadilhas de caça ilegais em Aguiar de Sousa, Paredes, diz nota de imprensa do partido.

“Recentemente, e segundo relatos de cidadãs e cidadãos que o PAN tem recebido, três cães ficaram presos nestas armadilhas, sendo que um desses esteve cinco semanas em sofrimento constante até receber auxílio por parte de munícipes, tendo sido mesmo necessária a amputação da pata ferida”, acrescenta a mesma fonte.

Segundo o PAN estão em causa armadilhas de laço em arame habitualmente usadas para a caça ao javali – entre outros animais -, sendo “consideradas ilegais” como armas de caça face à legislação em vigor. São ainda perigosas, tanto para pessoas como animais, sustenta o partido, pedindo “a devida fiscalização e apuramento das responsabilidades”.

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here