O desconfinamento avança em quase todo o país, mas os concelhos de Paredes e Valongo estão entre os três em que, por terem um elevado número de casos, o desconfinamento não avança para a próxima fase, mantendo as actuais regras.

Além disso, há 27 concelhos em situação de risco acrescido e “estado de alerta” por terem mais de 120 casos por 100 mil habitantes. É o caso de Paços de Ferreira e Penafiel.

A situação destes concelhos será reavaliada na próxima semana, decidindo se avançam, ficam retidos ou recuam no processo de desconfinamento, anunciou o primeiro-ministro António Costa. ”Tenho receio que alguns destes concelhos estejam a recuar na próxima semana”, disse.

Nesta quarta fase de desconfinamento, há abertura das fronteiras com Espanha; todas as lojas e centros comerciais abertos até às 21h00 durante a semana e 19h00 aos fins-de-semana e feriados; restaurantes, cafés e pastelarias (máx. 6 pessoas ou 10 em esplanadas) sem limite de horário; espectáculos culturais passam a ser possíveis até às 22h30, assim como casamentos e baptizados com 50% de lotação.

Recorde-se que o país vai sair do estado de emergência e passar ao estado de calamidade.

Mantém-se o dever cívico de recolhimento.

2 Comentários

  1. Porque será que Valongo e Paredes não avançam?! Porque o rácio de habitantes por km2 é superior aos restantes concelhos.

    Temos muita gente numa área pequena logo é a porcaria dos cálculos que eles fazem que deu nisto.

    Caso contrário estaríamos na quarta fase.

    Vai-se lá entender o porquê de toda gente querer vir morar para o concelho de Valongo…aiiii, mais uma semana a levar com paragens stop para a PSP meter mais algum ao bolso. Típico.

    Alguém tem que pagar a porcaria das obras que o Sr. José Manuel anda a fazer. – porcarias inúteis diga-se de passagem. Arranjar as estradas está quieto.

  2. Continuem a ir para a praia,fazer festas, andar como se nada fosse….
    Só tenho pena é de quem precisa trabalhar e não pode por causa desses enormes..
    Há uns 15 dias atrás fiz essa pergunta nas redes sociais…
    Moro num concelho que tem 20 kilometros de praia, fiquei indignado com pessoas de Valongo e paredes a fazer festas com álcool e outras coisas á mistura na praia…
    E quando perguntei fui mal tratado…

Deixe o seu comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here