Fotografia: Câmara de Lousada
Publicidade

A vila de Lousada acolheu o Torneio Internacional de Selecções de Basquetebol em Cadeira de Rodas, competição que decorreu, também, em Vila Nova de Gaia e que, além da selecção nacional, contou com as selecções da Áustria, República da Irlanda e a selecção feminina de Espanha.

Pela selecção portuguesa, o destaque foi para a participação do atleta Carlos Cardoso, atleta lousadense que representa a selecção Nacional e joga na APD – Associação Portuguesa de Deficientes Motores de Paredes. O atleta lousadense marcou já presença em diversas competições europeias.

Citado em comunicado, Carlos Cardoso assumiu que o facto desta prova ter decorrido em Lousada fez com que tivesse sentido maior responsabilidades, assumindo que a realização desta competição além de divulgar a modalidade promoveu o concelho assim como as condições que o município dispõe para a prática de diferentes modalidades.

“Sugeri este local aos responsáveis, pois conheço as infra-estruturas e este local tem todas as condições necessárias para a realização do torneio”, disse, salientando ter sido um orgulho representar Lousada e a selecção nacional de Basquetebol em cadeira de rodas.

O atleta manifestou, também, que Lousada tem condições para criar uma equipa de basquetebol adaptado, através de um clube, com os apoios necessários.

Publicidade

Falando da sua aproximação ao basquetebol adaptado em cadeira de rodas, Carlos Cardoso esclareceu que a prática desta actividade foi-lhe sugerida por uma pessoa conhecida algum tempo depois de ter sofrido um acidente. “Depois de frequentar alguns treinos a vontade de continuar foi aumentando até que comecei a pensar num patamar diferente ao nível da competição”, expressou.

A vereadora da Acção Social, Cristina Moreira, relevou a importância do município ter acolhido uma prova à escala europeia, relevando que o concelho dispõe de um conjunto de equipamentos que permitem acolher este e outro tipo de competições.