Foto: DR
Publicidade

A Mercadona anunciou hoje a abertura de cinco novas lojas no Norte de Portugal. Penafiel é uma das localizações escolhidas.

Segundo o presidente da cadeia de supermercados espanhola, Juan Roig Alfonso, avançou durante a apresentação de resultados da empresa, em Valência, além das quatro lojas já previstas para abrir no Grande Porto, em 2019, Vila Nova de Gaia, Gondomar, Matosinhos e Maia, irão abrir mais cinco espaços no Porto, em Braga, Penafiel e Barcelos e ainda uma segunda loja em Vila Nova de Gaia nos anos seguintes. As lojas terão cerca de 1.800 metros quadrados.

Esse reforço de lojas implicará contratar mais funcionários além dos 350 já anunciados. Mas, para já, contactada pelo Verdadeiro Olhar, a Mercadona não revela o investimento em concreto a realizar em Penafiel nem o número de postos de trabalho a criar.

Só em 2017, o grupo retalhista espanhol criou 5.000 novos empregos, 15 por dia. Emprega actualmente 84 mil pessoas.

Na apresentação de resultados, a empresa anunciou que, no ano passado, teve um investimento recorde de 1.008 milhões de euros e um aumento da facturação na ordem dos 6%, prevendo, em 2018, investir 1.500 milhões de euros.

A Mercadona escolheu Portugal como projecto de internacionalização e, em preparação para abrir as primeiras quatro lojas no próximo ano, contratou 120 quadros de direcção intermédia que estão a liderar o processo de recrutamento para os supermercados portugueses. Além disso, a empresa investiu num Centro de Co-inovação em Matosinhos e está a criar o Bloco Logístico da Póvoa de Varzim, que entrará em funcionamento em 2019.

Só no ano passado, o volume de compras a fornecedores portugueses foi de 63 milhões de euros.

Em Espanha, a Mercadona tem 1.627 lojas e está a investir na sua reformulação.