Foto: DR
Publicidade

Um grupo composto por seis alunos e dois professores da Escola Secundária de Ermesinde participou num Seminário Internacional sobre Matemática, Tecnologia, Ciências e Música, em Liverpool, Inglaterra, no final de Janeiro.

No evento, refere o professor Raul Aparício Gonçalves, coordenador do Departamento de Matemática e Tecnologias do Agrupamento de Escolas de Ermesinde, participaram na iniciativa cerca de 100 alunos de Portugal, Inglaterra, Bélgica, Alemanha e Holanda. Foi a primeira vez que alunos portugueses marcaram presença neste evento.

“O curso iniciou-se com uma apresentação da realidade e do contexto da escola de proveniência de cada grupo de alunos, na qual, os nossos alunos fizeram uma magnífica apresentação em inglês. Terminou com a apresentação do trabalho desenvolvido no decorrer do seminário, em que mais uma vez alunos da nossa escola brilharam”, sustenta o docente.

Foto: DR

“Para além do curso, o qual foi muito apreciado por todos os participantes e em especial pelos nossos alunos, houve momentos de grande convívio entre alunos de 16 anos de todas as nacionalidades presentes, o qual combinou interesses próprios desta faixa etária com a utilização da língua inglesa. Os nossos alunos foram exemplares na participação e no convívio, sendo sempre alegres e comunicativos”, refere ainda Artur Aparício. O professor acrescenta que “os efeitos do seminário e do encontro com outras culturas não terminaram no último dia” já que “continuam nos contactos resultantes das amizades estabelecidas e nos contactos entre os professores presentes a pensarem em futuras iniciativas internacionais”.

“Meses de preparação, muita criatividade e boa vontade por parte dos professores deram origem a uma das melhores viagens alguma vez feita por nós, alunos da Escola Secundária de Ermesinde. Foram cinco dias de total diversão e aprendizagem que, por mais incrível que pareça, permitiram, a cada um de nós, crescer um pouco mais na vida de estudantes. Lidámos cara a cara com diversas culturas, conseguimos pôr o nosso conhecimento em prática e durante esta pequena jornada num país diferente percebemos que fomos preparados para qualquer situação, mesmo para as que não esperávamos”, descreve Bruna Santos, aluna do 11,º ano. Do grupo fizeram ainda parte os alunos Armando Teixeira, Tiago Soares, Cláudia Poças, Catarina Dias e Daniela Coelho e a docente Liseta Ramos.

Artur Aparício Gonçalves refere que a viagem foi apoiada pelo Agrupamento de Escolas, pela Junta de Freguesia e pela Câmara Municipal de Valongo, mas foi suportada expensas dos pais dos alunos e professores com o apoio de algumas empresas locais.