Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo
Publicidade

A prova de Ciclocrosse Internacional de Valongo, que decorreu este fim-de-semana, consagrou o atleta penafidelense Vítor Santos como vencedor da Taça de Portugal, apesar do seu sexto lugar, numa competição que foi ganha pelo francês Loïc Szewe (UV Mazamet).

A vitória na Taça de Portugal estava entregue, à partida, a Vítor Santos. Roberto Ferreira (BTT Seia) segurou o segundo lugar na Taça, com a quinta posição na corrida em Valongo, enquanto Bruno Silva (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão) fechou no terceiro posto.

Na sua página do Facebook, Vítor Santos realçou que apesar da conquista do troféu, nesta 5.° prova da Taça de Portugal de ciclocrosse (categoria C2), teve alguns percalços, nomeadamente um furo, que o impediram de fazer um outro resultado.

“Mau arranque, mas no final da primeira volta já seguia na cabeça da corrida, mas a sorte não estava no meu lado”, disse.

No escalão feminino, Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) conquistou a Taça, apesar de não ter ido além do sexto lugar em Ermesinde. Ana Vigário (Sporting/Tavira/Formação Eng. Brito da Mana) foi a segunda na geral e sétima na prova deste fim-de-semana. Ana Ramalho encerrou o pódio da Taça de Portugal.

Em juniores Hélder Gonçalves (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) selou a conquista da Taça de Portugal com o quarto lugar na última corrida. Débora Figueiredo (Seissa/KTM Bikeseven/Matias & Araújo/Frulact) foi a única sub-23 feminina, vencendo a geral da Taça nesta categoria.

O cadete Diogo Neves (BTT Loulé/Elevis) conquistou uma vitória dupla, na última etapa e na geral da Taça. No sector feminino, Ana Santos (ASC/Focus Team/Vila do Conde), segunda em Ermesinde, venceu a Taça de Portugal.

Em master 30, Rúben Nunes (ASC/Focus Team/Vila do Conde) venceu a Taça. Em master 40, Nuno Inácio foi conquistou a taça. Em masters 50 e masters femininas, António Moreira e Raquel Marques (ASC/Focus Team/Vila do Conde) venceram, respectivamente, o troféu.