Foto: Candidatura de Rui Rio
Publicidade

Rui Rio venceu as eleições directas contra Pedro Santana Lopes e é o novo presidente do PSD.

Nestas eleições, realizadas no sábado, votaram mais de 60% dos 70.692 militantes com capacidade de voto, revela o partido. Rui Rio obteve cerca de 54% dos votos e foi eleito o 18.º presidente dos social-democratas. Santana Lopes teve 45% dos votos.

O economista de 60 anos e antigo presidente da Câmara Municipal do Porto sucede a Pedro Passos Coelho e deverá ser o candidato do partido a primeiro-ministro nas próximas legislativas.

O antigo autarca do Porto venceu em cinco das seis maiores estruturas em termos de votantes: Porto, Aveiro, Braga, Madeira e Vila Real. Enquanto Santana Lopes venceu na Área Metropolitana de Lisboa, a segunda maior distrital.

Na região, os concelhos de Paços de Ferreira, Paredes, Penafiel e Valongo seguiram a tendência nacional e deram a vitória a Rui Rio. Em Lousada, Santana Lopes foi o mais votado.

Em Paços de Ferreira foram às urnas cerca de 70% dos militantes. 80 votaram em Rui Rio e 37 em Santana Lopes, havendo ainda três votos brancos e um nulo.

Em Paredes, foram votar 331 social-democratas. 264 votos foram para Rui Rio enquanto 63 militantes depositaram a sua confiança em Santana Lopes (com quatro votos brancos e nulos).

Já em Penafiel, o vencedor também foi Rui Rio, que recolheu 298 votos. 119 militantes penafidelenses votaram em Santana Lopes e houve um voto branco e dois nulos.

Rui Rio também venceu em Valongo, tendo obtido 197 votos contra os 172 de Pedro Santana Lopes.

Lousada foi um dos dois concelhos do distrito do Porto que deu a vitória a Santana Lopes. Numa mobilização maior que a normal – até porque o partido elegeu também o novo presidente da comissão política concelhia, Cristóvão Simão Ribeiro, este sábado -, foram votar quase 980 militantes. 704 escolheram Santana Lopes para liderar o partido enquanto apenas 271 votaram em Rui Rio (houve ainda dois votos brancos e nulos).