A Associação Cultural Social Desportiva Real Clube de Beire promove, dia 10 de Dezembro, a I Feira da Saúde, uma iniciativa que irá contar com a presença de vários técnicos especializados.

Segundo Miguel Ferreira, presidente da Associação Cultural Social Desportiva Real Clube de Beire, a Feira da Saúde nasceu da vontade da associação, recentemente reactivada, juntar à vertente desportiva e ao futsal uma vertente mais cultural e social.

“O Real Clube de Beire foi fundado em 1962, mas em 91/92 foi extinto. Por vontade de um grupo de beirenses foi recentemente reactivado, tendo a Associação Cultural Social Desportiva Real Clube de Beire sido oficialmente constituída”, disse, frisando que o Real Clube de Beire tem uma equipa de futsal a competir no campeonato do Inatel do Porto.

Falando da Feira da Saúde, Miguel Ferreira realçou que quem visitar a Feira da Saúde  terá oportunidade de realizar vários rastreios, nomeadamente visuais, auditivos, glicemia, tensão arterial, terapia da fala entre outros assim com a possibilidade de obter conselhos úteis sobre os cuidados de saúde.

Ao Verdadeiro Olhar, Miguel Ferreira revelou, também, que a associação tem várias acções que pretende implementar em 2018 e além do futsal pretende investir noutros domínios como o social e a cultura.

“No final do ano iremos fazer o balanço das actividades já realizadas e fazer um cronograma das acções que pretendemos fomentar no próximo ano”, afiançou.

A Feira da Saúde realiza-se entre as 9h30 e as 12h30, no largo da Igreja Paroquial, em Beire.