Foto: Câmara Municipal de Penafiel
Publicidade

A Câmara Municipal de Penafiel voltou a ser premiada por ter políticas amigas das famílias. A autarquia voltou a receber o galardão de “Autarquia + Familiarmente Responsável”, atribuído pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, organismo criado no âmbito da Associação Portuguesa das Famílias Numerosas, diz nota de imprensa.

Penafiel foi o único município distinguido na região do Tâmega e Sousa.

“Este é um prémio que nos deixa extremamente felizes e honrados com o trabalho desenvolvido. Mas não vamos parar por aqui. Neste domínio da capacitação social, vamos consolidar, ainda mais, o conceito de concelho amigo das famílias e dar suporte aos mais desprotegidos, através de programas de apoio ao desenvolvimento social das famílias em situação de fragilidade e apoio à educação dos mais jovens”, promete Antonino de Sousa, presidente da Câmara Municipal de Penafiel, citado em nota de imprensa.

“A atribuição dos apoios sociais reger-se-á sempre pelos princípios de equidade, da discriminação positiva e da solidariedade social, promovendo a inclusão e a igualdade de oportunidades para todos os penafidelenses. A intervenção na área social estará especialmente direccionada para dois eixos: o aumento da empregabilidade e o apoio aos mais idosos”, lembra o autarca.

O município recorda ainda algumas medidas implementadas nesta área, desde os descontos para famílias numerosas aplicados nos tarifários de água, saneamento e resíduos sólidos urbanos e no apoio ao arrendamento até à decisão de manter o IMI no mínimo e ainda dar um desconto de 70 euros para as famílias com três ou mais filhos. “Para os mais seniores, destaca-se o apoio na aquisição de medicamentos, os serviços de pequenas reparações domésticas e o voluntariado de proximidade. Na área da saúde, a Câmara de Penafiel dá apoio na aquisição de medicamentos a crianças e jovens, e a munícipes portadores de doença mental, bem como o rastreio para o cancro oral junto dos cidadãos seniores que estejam ou frequentem IPSS’s”, recorda a autarquia que apoia ainda os alunos na aquisição de livros e materiais escolares e nas refeições escolares.