Publicidade

As queimadas estão proibidas em todo o país nos próximos dias devido ao risco de incêndio.

Em nota à comunicação social, o Ministério da Administração Interna alerta que “na sequência da informação disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para as próximas 72 horas” há a “necessidade de os comportamentos individuais serem adequados ao risco de incêndio”.

“Tendo em  conta o tempo seco e a subida de temperatura para valores acima da média para esta época do ano, estão reunidas condições favoráveis à propagação de incêndios rurais”, sustenta a mesma fonte, proibindo quaisquer queimadas, que já estavam permitidas desde ontem.

É proibido realizar fogueiras para recreio, lazer ou para a confecção de alimentos fora; utilizar equipamentos de queima e de combustão, destinados à iluminação ou à confecção de alimentos; queimar matos cortados e amontoados ou qualquer tipo de sobrantes de exploração; lançar balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes; fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias de atravessamento ou circundantes; e fumigar ou desinfestar apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas, entre outros.