Fotografia: Banda de Vilela

A Banda de Vilela, Paredes, venceu o XVIII Certame Internacional de Bandas de Música “Villa de ARANDA”, 2017, que decorreu em Espanha.

Ao Verdadeiro Olhar, o presidente da Banda de Vilela, Adolfo Barros revelou que não tem sido a primeira vez que a Banda de Vilela obteve um primeiro prémio neste concurso, foi com orgulho que todos os elementos da comitiva portuguesa reagiram à decisão do júri, num concurso que contou com a presença de seis bandas espanholas e apenas uma portuguesa.

“Obviamente que este é um prémio para os músicos, os maestros e um reconhecimento pelo trabalho que a Banda de Vilela e todos os seus intervenientes têm vindo a realizar”, disse, salientando que a banda já obteve, no passado, três primeiros lugares e dois segundos lugares.

Falando do XVIII Certame Internacional de Bandas de Música “Villa de ARANDA”, 2017, o presidente da Banda de Vilela realçou, ainda, que o facto das bandas que se apresentaram a concurso serem reconhecidas a nível internacional e disporem de mais meios, veio valorizar ainda mais a vitória da única banda portuguesa em prova.

“Foi motivo de orgulho da freguesia de Vilela e o concelho de Paredes. Estamos a falar de bandas com mais meios e com uma capacidade de resposta diferente”, disse, frisando que em termos logísticos participar em concursos internacionais implica um esforço acrescido e envolve uma logística também diferente.

“Apesar de tudo levamos todos os 64 elementos que fazem parte da banda a Espanha”, acrescentou.

Ao Verdadeiro Olhar, Adolfo Barros destacou, também, que a Banda de Vilela está quase a finalizar a temporada, estando a planear participar em mais um concurso, desta feita, a nível nacional.

“É um assunto que está a ser analisado. Existe essa pretensão, mas estamos ainda a ponderar”, assegurou, elogiando o trabalho dos músicos e do Maestro Prof. José Ricardo Freitas.